09/12/13

lidar comigo é difícil, lidem com isso

Se me perguntam o que quero no natal, digo que não quero nada. Até posso querer, mas não gosto de pedir e não fico triste se não me derem. O que eu detesto mesmo é que me dêem dinheiro.

Até acredito que a intenção seja boa, mas parece-me sempre tão... impessoal. Dinheiro é o que se dá quando não se sabe o que dar, e não gosto disso. Gosto que me tentem conhecer, que tentem arranjar o presente perfeito a pensar em mim, e não espetar com duas ou três notas num envelope com o meu nome. Não quero coisas caras, porque isso não me diz absolutamente nada. Quero algo para onde eu olhe que me faça lembrar a pessoa de que mo deu. 

Fico feliz com pouco, mas é preciso que eu perceba que as pessoas me tentaram fazer feliz. Se se limitaram a dar-me dinheiro para não terem trabalho a pensar no que me haviam de oferecer, podem muito bem enfia-lo no cu.

Sem comentários: