03/04/15

esse momento triste

Não há volta a dar. Se me acontece sempre, invariavelmente, o mesmo, a culpa só pode ser minha.

Sem comentários: