05/04/15

uma coimbrinha chora mas uma não-coimbrinha ainda chora mais

Há lá coisa mais triste do que constatar de que o cartaz da queima de coimbra inclui os dvbbs - e uma pessoa começa a lembrar-se de como foi no sunset, do quão awesome eles são, e dá assim aquela nostalgia e a vontade incontrolável de pegar numa cadeirinha de plástico e ir já para a primeira fila, assim naquela de ficar a marcar lugar porque já se sabe a dimensão do show, começa logo a ouvir como barulho de fundo o grito TSUNAMI tsurururu turu turu turu tu, e vai que entretanto sabotei os meus próprios sonhos e fui ver a que dia calhava - mas é à terça feira? Oh snap. Isto não se faz.

Sem comentários: