18/04/15

eu tenho uma caixa de recordações

Um número de telemóvel, uma morada, uma pulseira de néon, bilhetes de entrada e a certeza de que eu vou ser sempre a única pessoa a saber o porquê de ter guardado cada uma daquelas coisas, a quem pertence o número, a quem vive naquela morada e o que aconteceu nas festas que eu faço questão de não esquecer.

Para os outros, é só tralha velha.

Sem comentários: