15/02/14

blindness

Desde que acabei de ler o ensaio sobre a cegueira que estava mortinha para ver o filme - mas, confesso, julguei que me iria desiludir, que nunca poderia o filme ser tão bom quanto o livro que passou a ser um dos meus preferidos em menos de nada.

Enganei-me. Talvez ter lido o livro antes lhe tenha dado toda uma outra intensidade que quem se limita a ver o filme não experimenta, mas ainda estou meio perdida. Perdida como, antes deste, só dois filmes me deixaram - o mr nobody e o requiem for a dream. Esta também foi a noite em que encontrei um novo filme preferido. Enfim.

Sem comentários: