28/02/14

decisões

Decidi que tinha de acabar amanhã com uma história que já deu mais voltas do que as voltas que o mundo dá, antes que se esgotasse a pouca sanidade mental que ainda me resta. O diabo, o meu diabo, tem o olhar mais intenso que já vi e uma voz sexy de causar orgasmos múltiplos a qualquer uma - com este diabo, eu aceitava viver no inferno para o resto da vida. Mas enfim, não dá. Não dá mais.

Se me perguntarem como me sinto com isso, nem eu saberia responder; talvez nervosa, talvez ansiosa, talvez assustada. Passei os últimos três anos a viver em função de uma história que nunca fui capaz de compreender e, por isso mesmo, é-me impossível adivinhar-lhe o fim. Mas prometi a mim mesma que esta seria a última vez que tentaria e que, depois disso, sairia de cena de uma vez por todas; estou apaixonada por ele há demasiado tempo para não tentar só mais uma vez. Só mais esta.

E essa foi a principal razão para eu ter decidido mudar de blog hoje. O término de uma história. O recomeço. Seja o que for que aconteça depois dessa conversa, marcará um ponto de partida, um novo ponto de partida... e por isso mesmo, para o meu próprio bem, está na hora de me esquecer de como cheguei aqui.

De qualquer forma, rezem. Rezem para que, desta vez, corra tudo bem.

Sem comentários: