13/02/14

patrícia, porque é que continuas sem amigos?

Já estou tão habituada a ser má que o faço naturalmente, sem pensar no que estou a dizer. Tipo aquele momento em que apanho uma conversa entre um amigo e outro rapaz a meio, e acontece qualquer coisa tipo isto:

eu: quem é que disse que eras sexy?
ele: uma gaja...
eu, com ar sentido: oh... há quanto tempo é que ela perdeu a visão?

...
...
...
...

É bastante fácil adorar-me, as you can see.

Sem comentários: