11/02/14

relatos uma patrícia que bateu com a cabeça

Não quero parecer demasiado ansiosa pelo verão ou assim mas lembro-me de quando me falaram do sunset o ano passado eu quase ter mandado tudo com o caralho porque nada daquilo fazia o meu género, porque eu nem gostava da música e mimimi. Acabei por ir na mesma, e estranhamente, gostei tanto que ando estupidamente curiosa para saber se sempre é verdade que este ano vai haver outro na mesma praia.

Se me perguntarem o que me aconteceu nestes meses, juro que nem eu sei explicar. Não sei o que aconteceu ao bicho anti-social que se metia a ouvir metal para escapar ao mundo, mas agora quase que gosto de fazer o que as outras pessoas fazem e até estou a rezar para que o dito sunset se repita, ainda melhor, se possível.

O ano passado foi assim. Fingers crossed, e que o verão se despache.

Sem comentários: