24/02/14

sempre assim

A justificação para a maior parte das coisas que faço é sempre a mesma - apeteceu-me. É incrível como me apetece sempre fazer merda. E faço. Porque me apetece. Estúpida.

Sem comentários: