03/02/14

foi por isso que não deu

Sempre fui de paixões assolapadas - quando gostava de alguém, era a sério, com direito a chorar baba e ranho por um amor impossível que fazia todo o sentido, especialmente porque eu até me encolhia se eles falava comigo. Ontem encontrei a crush do meu 6º ano. O grande amor da minha vida. O tal. O lindo. O perfeito. O pai dos meus filhos.

Agora é a coisa mais azeiteira que pode haver. E também tem a mania que é dj.

Sem comentários: