10/01/17

singularidades

Há um bichinho que vive na cabeça das mulheres e que serve, essencialmente, para plantar a dúvida. A pessoa até pode ter o lado mais racional a dar o litro para impedir esse bicho de fazer-se ouvir - mas ele existe, está lá, e gosta de nos fazer passar pelas loucas que não somos.

Por exemplo, um dia o moço trata-vos pelo segundo nome, por acaso. O vosso primeiro pensamento é que giro... ninguém mais me trata assim! Mas depois surge o bicho, o tal filho da puta que gosta de fazer sobressair o lado mais feminino e maníaco que há em cada uma de vocês, e vem-vos à ideia...



- foda-se! mas quem é a filipa?!

Sem comentários: